'Achava que Moro ia recusar acusação', diz Lula em entrevista

São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira, 20, que "achava" que o juiz federal Sérgio Moro fosse recusar a denúncia contra ele da força-tarefa da Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso tríplex em Guarujá (SP). "A acusação é tão mentirosa, tão mentirosa, que eu achava que o Moro ia recusar", declarou Lula em entrevista aos jornalistas José Trajano e Juca Kfouri.

A ação penal do caso triplex culminou com a condenação de Lula a nove anos e seis meses de prisão. O petista nega irregularidades e está recorrendo em liberdade.

Na entrevista, Lula se referiu ao polêmico episódio do procurador da República Deltan Dalagnoll, da força-tarefa da Lava Jato, que ao divulgar a denúncia criminal fez uso do programa Power-point. "Depois que eu vi aquele Power-point do procurador Deltan, eles criaram uma fantasia e nessa fantasia eu sou o chefe", disse. Na apresentação, o procurador representou Lula em um slide como o chefe do esquema.

Na entrevista, o ex-presidente foi enfático ao se declarar inocente. "Pelo amor de Deus, apresentem uma prova", disse. Lula afirmou ainda que "passaram seis anos dizendo que seu filho era dono da Friboi".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos