Polícia investiga série de mortes em sítio paulista

Fabiana Cambricoli e Luiz Fernando Toledo

São Paulo

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar as 14 mortes registradas em um mês nos sítios da Missão Belém em Jarinu, no interior de São Paulo.

Conforme revelou o jornal O Estado de S. Paulo na quarta-feira, 19, a maioria das vítimas teve quadro de diarreia, desnutrição ou intoxicação. Embora as causas dos óbitos estejam relacionadas a outros problemas de saúde, como insuficiência cardíaca e doenças respiratórias, a polícia quer apurar se o suposto surto de infecção gastrointestinal pode ter agravado o quadro de doentes crônicos.

"Temos de apurar com rigor se elas não têm origem em maus-tratos ou negligência dos responsáveis da Missão Belém", disse Elias Ribeiro Evangelista Júnior, delegado titular de Campo Limpo Paulista.Os policiais fizeram vistorias nos sítios anteontem e solicitaram perícia.

Em depoimento prestado ontem, representantes da Missão declararam ter prestado toda a assistência aos residentes que adoeceram.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos