Corpo de Marco Aurélio Garcia é cremado em São Paulo

André Ítalo Rocha

São Paulo

O corpo de Marco Aurélio Garcia, que ocupou o cargo de assessor especial para assuntos internacionais nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, foi cremado na madrugada deste sábado (22), por volta de 1h30, no crematório da Vila Alpina, zona leste de São Paulo. Apenas familiares participaram da cerimônia.

Gaúcho de Porto Alegre, Garcia morreu na quinta-feira (20), aos 76 anos, vítima de um ataque cardíaco fulminante. Ele estava em seu apartamento, no bairro República, região central da capital paulista. Era professor aposentado da Unicamp e vinha exercendo a função de conselheiro da Fundação Perseu Abramo, ligada ao PT.

O velório ocorreu ontem (21), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), e contou com a presença de Lula, Dilma e várias outras figuras ligadas ao PT, partido que Garcia ajudou a fundar, no início dos anos 1980.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos