Lava Jato no Rio ganha mais 6 meses

Julia Affonso e Fausto Macedo

O Conselho Superior do Ministério Público Federal prorrogou nesta terça-feira, 25, por mais seis meses a atuação dos procuradores da Operação Lava Jato no Rio. A medida vale a partir de 9 de junho deste ano.

Os procuradores vão continuar se dedicando exclusivamente às investigações sobre corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa com foco em desvios na Eletronuclear e na administração do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).

A autorização foi concedida ao procurador Regional da República José Augusto Simões Vagos, lotado na Procuradoria Regional da República da 2ª Região, para atuar em conjunto com os membros designados pela Portaria PGR/MPF nº 1095/2016. Portaria PGR/MPF nº 502/2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos