Fortalecimento de corporações da área da segurança está fora de pauta, diz Rodrigo Maia

Igor Gadelha

Brasília

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

    Presidente da Câmara dos Deputados argumenta que o foco é o cidadão

    Presidente da Câmara dos Deputados argumenta que o foco é o cidadão

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira, 1º, que combinou com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a construção de uma pauta conjunta na área da segurança pública para ser votada pelo Congresso Nacional. Maia afirmou que a pauta terá como foco o cidadão, e não o fortalecimento das corporações, pois isso, segundo ele, não é prioridade nesse momento.

"Vamos construir uma pauta na área de segurança que foque o cidadão, não que foque o fortalecimento das corporações. Acho que não é hora desse debate. Não é prioridade nesse momento", afirmou o parlamentar fluminense em entrevista coletiva após café da manhã com Eunício e líderes da base aliada na Câmara. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, também participaram do café.

Maia disse que a pauta da segurança terá projetos que já tramitam na Câmara e Senado e que modernizem as leis e aumentem a punição para infratores. "Para que o cidadão possa se sentir, não apenas naquilo que cabe à Polícia Militar e às Forças Armadas, no caso do Rio de Janeiro, mas também uma parte da legislação que cabe ao Congresso", afirmou o presidente da Câmara durante a entrevista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos