Aqueles que querem manter Temer são coniventes com corrupçãO, diz Ivan Valente

Elizabeth Lopes e Altamiro Silva Junior

São Paulo

O deputado Ivan Valente (PSOL/SP) disse em discurso na Câmara que o presidente Michel Temer é o chefe do Deputado Eduardo Cunha, o "bandido" que presidiu há pouco mais de um ano o impeachment de Dilma Rousseff. "Aqueles que querem manter Temer são coniventes com a corrupção", afirmou o parlamentar.

Valente defendeu o voto para se aceitar a denúncia contra Temer e pediu diretas já. "Temer é ligado a Rocha Loures, o homem da mala de dinheiro", disse o deputado do PSOL, defendendo que o presidente não pode mais continuar no cargo. "Não podemos aceitar que o Congresso seja mais uma vez a vergonha nacional."

O deputado disse que o Congresso se tornou nos últimos dias o "maior balcão de negócios" da história do País. "Os deputados que apoiam o governo estão escondidos, não querem mostrar a cara aqui", disse Valente, pedindo que a população "execre" os deputados que votarem a favor de Temer.

Após Valente, o deputado Mauro Pereira (PMDB-RS) afirmou que a economia brasileira está melhorando e equipe econômica tem credibilidade. Quem votar contra o parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), relator do parecer que recomenda a rejeição da denúncia de corrupção contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), é porque tem raiva do Brasil.

O parlamentar defendeu a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, arrancando gritos de "fora, Temer" dos deputados da oposição presentes no plenário. "Vamos colocar o Lula na cadeia."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos