Operação Onerat termina com três suspeitos e um policial mortos

Márcio Dolzan

Rio

A Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro divulgou no início da noite o balanço da Operação Onerat, deflagrada desde a madrugada deste sábado, 5, pelas forças de segurança que atuam no Rio. Ao todo, três suspeitos morreram em confronto com policiais e 24 prisões foram realizadas.

Um policial militar também morreu em acidente de trânsito durante a ação. O sargento da PM Anderson Dias Pereira, do Batalhão de Ação com Cães (BAC) estava numa viatura que foi atingida por um ônibus. Ele levava dois suspeitos à Cidade da Polícia. Outro policial militar que estava no veículo e os dois suspeitos ficaram feridos e estão internados no Hospital Salgado Filho.

Dentre as prisões realizadas na Operação Onerat, 18 foram através de mandados expedidos pela Justiça - dos quais nove criminosos já cumpriam pena por outros crimes -, um foragido e cinco prisões em flagrante. Dois menores também foram apreendidos. A operação apreendeu 21 carros, 1 moto, 3 pistolas, 2 granadas e 4 radiotransmissores.

Cargas roubadas - quantidade não foi informada - também foram recuperadas, incluindo material escolar, cosméticos, roupas e parte do conteúdo roubado de um caminhão dos Correios no Morro São João, na sexta-feira. Além disso, 4 quilos de cocaína e 13 quilos de maconha foram apreendidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos