Presidente do TSE, Gilmar Mendes acompanha eleição para governador do AM

Francisco Carlos de Assis

Em São Paulo

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, acompanha em Manaus, neste domingo (6), o processo eleitoral suplementar para escolha do governador e do vice-governador do Amazonas. A expectativa é de que 2,3 milhões de pessoas compareçam às urnas até o fechamento dos portões das zonas eleitorais, que ocorrerá às 17h.

Em 26 de julho, Mendes esteve em Manaus e verificou os preparativos para a realização do pleito. O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas estima que os gastos com a eleição sejam de R$ 32 milhões, o que inclui o deslocamento de tropas das Forças Armadas para assegurar a ordem em diversos municípios.

A eleição direta no Amazonas foi determinada pelo TSE depois que o TRE-AM cassou em 2016 os mandatos do ex-governador José Melo (PROS) e do então vice, Henrique Oliveira (SD), que respondem a ações penais por compra de votos na eleição de 2014.

A ação de cassação foi proposta pela coligação adversária "Renovação e Experiência", que tinha como cabeça de chapa o senador Eduardo Braga (PMDB), que figura hoje entre os três candidatos mais bem avaliados no pleito de hoje.

Braga foi derrotado em 2014 pela chapa Melo e Oliveira no segundo turno. Depois de ser confirmada a cassação do governador e do vice, a coligação "Renovação e Experiência" pediu a posse imediata de Eduardo Braga como governador e de Rebecca Garcia como vice, mas por decisão do próprio TRE-AM, os dois cassados permaneceram no cargo.

A decisão do TRE-AM foi endossada em julgamento de recurso da chapa cassada pelo TSE com votos pela cassação dos ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Herman Benjamin, Admar Gonzaga e Rosa Weber. Pela absolvição votaram o relator do caso, Napoleão Nunes Maia Filho e Luciana Lóssio. A maioria dos ministros entendeu que houve compra de votos por uma assessora de confiança do governador, Nair Blair, flagrada dentro do comitê de campanha com R$ 7.700, além de recibos e planilha que mostravam a destinação de dinheiro para eleitores.

Além de Eduardo Braga (PMDB), aparecem como bem posicionados nas pesquisas de opinião o ex-governador Amazonino Mendes (PDT-AM) e Rebecca Garcia (PP-AM), que no pleito de 2014 foi vice de Eduardo Braga.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos