Confrontos entre polícia e criminosos interditam 2 vezes a Linha Vermelha

Fábio Grellet

Rio

A Linha Vermelha, via expressa que liga o centro do Rio aos municípios de Duque de Caxias e São João de Meriti, na Baixada Fluminense, foi interditada duas vezes durante esta segunda-feira, 7, em razão de uma operação do Batalhão de Choque da Polícia Militar nas imediações da favela do Lixão, em Duque de Caxias. Como retaliação, um ônibus foi incendiado por criminosos.

 

A primeira interdição ocorreu por volta das 15h30 e durou cerca de meia hora. Segundo a Polícia Militar, policiais que integram uma equipe do Batalhão de Choque chamada Grupamento Especial Tático em Motopatrulhamento suspeitaram de homens caminhando pela Linha Vermelha em frente à favela do Lixão.

 

Durante a abordagem, dois homens foram presos portando um radiotransmissor e um carregador de pistola. Os outros conseguiram fugir porque criminosos que estavam escondidos na favela começaram a atirar contra os policiais. Houve tiroteio e vários motoristas fugiram pela contramão.

 

Por volta das 18h houve novo confronto entre policiais militares e criminosos, na mesma região, e a Linha Vermelha foi interditada novamente. Um ônibus foi incendiado. Até as 19h não havia registro de presos nesse segundo episódio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos