PUBLICIDADE
Topo

Prefeitura de SP deve lançar licitação de limpeza urbana ainda nesta semana

Priscila Mengue

São Paulo

28/08/2017 14h54

O edital de licitação do novo serviço de varrição de ruas da cidade de São Paulo deve ser lançado ainda neste semana "se tudo der certo", segundo o vice-prefeito e secretário das Prefeituras Regionais, Bruno Covas. De acordo com ele, a previsão é que o novo contrato seja assinado em dezembro, quando se encerra o prazo do atual - que contempla as empresas Soma e Inova, no valor total aproximado de R$ 1 bilhão anual.

"Vamos correr para dar tempo", afirmou ele, após agenda oficial realizada na manhã desta segunda-feira, 28, na Prefeitura de São Paulo. "Esta semana a gente lança o edital, e aí tem todo o processo de audiência, todo o processo de apresentação das empresas, enfim, todo o processo que a legislação coloca", declarou o vice-prefeito.

Ainda de acordo com Covas, um dos pontos que devem ser levados em consideração no novo contrato é a redução dos gastos públicos."Não tenho a menor dúvida, quanto mais a gente puder, vamos cortar custos", disse ele. "Não só nesta área, mas em todas as áreas", completou.

Iluminação pública

Também nesta segunda-feira, 28, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que deve renovar por mais um semestre o atual contrato de iluminação pública da cidade. Segundo ele, a decisão se deve ao processo que corre na Justiça, o qual estaria adiando o andamento da licitação de uma Parceria Público-Privada (PPP) para a área.

"Houve um recurso de uma das empresas que não foi a vencedora, esse recurso vai ser julgado pelo Tribunal de Justiça, acredito eu que em até 30 dias. E, feito essa decisão, por sim ou por não, nós retomamos o processo. Enquanto isso, para não haver nenhuma suspensão no serviço, nós já autorizamos prorrogar por mais seis meses, e isso é finito", declarou.