Marina Silva pede nas redes sociais apoio ao trabalho da Lava Jato, MPF e PF

Letícia Fucuchima

São Paulo

A ex-senadora Marina Silva lamentou, em vídeo postado em suas redes sociais, a situação "dramática" que se instalou novamente no País com as denúncias envolvendo o setor político e empresarial e "malas de dinheiro". Sem citar nomes, Marina afirmou que as últimas denúncias são demonstrações concretas do envolvimento direto das principais lideranças do PT, PMDB, PSDB "e seus satélites".

Possível candidata à Presidência da República pela Rede Sustentabilidade em 2018, Marina pediu que a sociedade brasileira continue mobilizada contra aqueles que não têm "nenhum respeito pelas instituições e pelo povo". "É por isso que é muito importante o apoio acertado à Lava Jato, ao Ministério Público e à Polícia Federal, para que continuem fazendo esse trabalho de passar o Brasil a limpo", defendeu no vídeo.

De acordo com a ex-senadora, os envolvidos nas últimas denúncias estão atuando juntos para "desmoralizar" a Operação Lava Jato, o Ministério Público, o procurador geral da República Rodrigo Janot e a Polícia Federal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos