Grupo defende Lava Jato em Curitiba ao lado de boneco inflável de Moro

Francisco Carlos de Assis, enviado especial

Curitiba

Um grupo de cerca de 50 pessoas se concentra no período da tarde desta quarta-feira, 13, em frente ao Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, com carro de som e um boneco inflável de 4 metros de altura do juiz condutor da Lava Jato, Sergio Moro, vestido de Super Homem, para defender a Operação que investiga a corrupção na Petrobras.

O grupo se reuniu através das redes sociais e os manifestantes destacam que eles são a favor do Brasil e da Lava Jato, contra os atos de corrupção praticados nas gestões petistas.

Eles também pedem a prisão do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que está na capital paranaense para mais um depoimento à Justiça.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos