'Brasil não suporta mais ficar nessa insegurança', diz vice-líder do governo

Thiago Faria e Renan Truffi

Brasília

Vice-líder do governo no Senado, o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) afirmou nesta quinta-feira, 14, que a nova denúncia contra o presidente Michel Temer traz mais insegurança ao País. Temer é acusado pela Procuradoria-Geral da República pelos crimes de obstrução de justiça e organização criminosa.

"O Brasil não suporta mais ficar nessa insegurança. Agora, seja a solução, mesmo que não seja a melhor, é o que nós temos. Temos que avançar", afirmou Flexa Ribeiro.

Questionado se acredita que a nova denúncia seja barrada na Câmara, a exemplo do que ocorreu com a primeira, ele disse que sim, embora admita que o seu partido, o PSDB, seguirá dividido. "Não haverá unidade no PSDB", disse.

Na votação da primeira denúncia, dos 47 deputados federais do partido, 22 votaram contra o andamento do processo, ante 21 a favor e 4 abstenções.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos