Meirelles, sobre denúncia contra Temer: expectativa é seguir com votações

Eduardo Laguna e Francisco Carlos Assis

São Paulo

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reiterou nesta quinta-feira, 14, a expectativa de aprovação da reforma da Previdência no mês que vem, apesar da denúncia apresentada hoje contra o presidente Michel Temer (PMDB).

"Nossa expectativa é o prosseguimento normal do cronograma das reformas. Evidentemente que existe algo que já era esperado, mas já estávamos esperando isso. Portanto, nossa expectativa é que, sim, no mês de outubro seja votada, por exemplo, a Previdência", declarou o ministro ao chegar a evento promovido pela revista IstoÉ Dinheiro, na zona sul da capital paulista.

A respeito das dificuldades que podem ser colocadas pela denúncia nas negociações com a Câmara, Meirelles comentou que já expressou em reuniões exaustivas com todos os partidos da base aliada a mensagem de que a reforma não é opção, mas sim uma necessidade. "Se não for feita essa mudança, em alguns anos 80% do orçamento vai ser ocupado por essas despesas previdenciárias."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos