Rosa Weber acompanha voto de Fachin contra suspender denúncia de Temer

Breno Pires, Rafael Moraes Moura, Carla Araújo e Beatriz Bulla

Brasília

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), seguiu o relator Edson Fachin no sentido de que o Supremo deve enviar para análise da Câmara dos Deputados a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer, sem fazer qualquer análise prévia dos pedidos feitos pela defesa do acusado.

Segundo Rosa, a Câmara deve fazer o "juízo prévio, o juízo político, que precede o juízo técnico-jurídico" - este segundo só caberia ao STF após o aval da Câmara.

Com o voto de Rosa Weber, o julgamento se encontra com 4 votos a 0 para que a denúncia por organização criminosa e obstrução de justiça contra Temer seja enviada à Câmara já neste momento. Antes de Rosa Weber, o ministro Luís Roberto Barroso também votou com o relator.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos