Lula chega ao Rio para série de eventos sob gritos de 'Lula Presidente'

Fernanda Nunes

Rio

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou na noite desta segunda-feira, 2, ao 8º Encontro Nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) sob gritos de "Lula Presidente". Este é o primeiro de uma série de eventos do ex-presidente no Rio, nos próximos dias. Amanhã, ele participa de uma manifestação "pela soberania nacional", entre os prédios da Eletrobras e Petrobras, no Centro do Rio.

Lula chegou acompanhado da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e de crianças. Por poucos minutos se manteve no palco com a bandeira nacional à sua frente, enquanto o público saudava a sua chegada. No palco, também estão parlamentares petistas, como Lindbergh Farias, do Rio de Janeiro, que falou em "anular privatizações" com um possível retorno de Lula à presidência da República nas eleições do ano que vem.

"No seu governo, presidente, o Brasil pode sentir um olhar diferenciado para a maioria do povo, para o povo mais pobre. O governo do Temer representa os ricos. O povo virou estatística. Precisamos voltar a ter um governo que olhe pelas pessoas", discursou Gleisi.

Em carta lida pelos organizadores, a ex-presidente Dilma Rousseff também se manifestou. "Esse encontro se realiza num momento em que o País vem sendo tomado de assalto de políticas neoliberais. O golpe que me tirou da presidência ainda não acabou. Colocou no poder grupos econômicos. Eles trabalham rápido para submeter o Brasil aos interesses do mercado", afirmou Dilma.

O encontro do MAB reúne centenas de pessoas de diferentes movimentos sociais no Terreirão do Samba, no centro do Rio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos