Dois homens são presos após sequestro relâmpago no Rio

Daniela Amorim

Rio

Dois homens foram presos suspeitos de participar de um sequestro relâmpago na sexta-feira, 6, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. A vítima, Patricio Braz da Silva, foi resgatada a salvo por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), que investigavam há cerca de três meses uma quadrilha que atua na região.

Silva dirigia seu carro quando foi abordado e rendido por três homens armados com pistolas. Os criminosos exigiram que ele fornecesse as senhas dos cartões de banco e do telefone celular. Segundo informações da Polícia Civil, os sequestradores tinham intenção de levá-lo até uma favela da região para checar se era policial.

Com a vítima ainda dentro do carro roubado, os bandidos assaltaram um bar e renderam os funcionários do local. Ao perceberem a ação dos criminosos, policiais reagiram e trocaram tiros com os assaltantes. Dois suspeitos foram presos, identificados como Ricardo Vicente Cabral Junior e Conceição dos Santos. Um terceiro assaltante teria conseguido fugir. Na troca de tiros, um agente ficou ferido no ombro e levado ao hospital, mas foi liberado após receber atendimento médico.

Os dois suspeitos presos foram autuados pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado, roubo majorado por concurso de pessoas e arma de fogo, extorsão mediante sequestro e associação criminosa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos