Violência no Rio

Morto após reagir a assalto, sargento é o 108º PM assassinado no Rio

Elisa Clavery

Em São Paulo

  • Uanderson Fernandes/Agência O Globo

    Em São João de Meriti, uma tentativa de assalto contra o dono de um parque de diversões terminou com 2 pessoas mortas

    Em São João de Meriti, uma tentativa de assalto contra o dono de um parque de diversões terminou com 2 pessoas mortas

Um policial militar foi morto na noite da quinta-feira (12), na Baixada Fluminense, ao reagir a uma tentativa de assalto. A vítima é 108º policial morto por violência no Estado do Rio de Janeiro neste ano.

O sargento Jorge da Silva Brandão, 42, lotado na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Mangueira, estava em um veículo na avenida São João, próximo ao Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, quando reagiu a um assalto. Ele e uma pessoa que estava no banco do carona foram atingidos por disparos.

Veja também:

O carona morreu ainda no local e o policial foi levado para o Pronto Atendimento Médico de São João do Meriti, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a PM, a Delegacia de Homicídios da Baixada está com a ocorrência.

A UPP informou que o sargento estava há 19 anos na corporação, era casado e deixou cinco filhos. Seu sepultamento será neste domingo, às 11 horas, no Cemitério Jardim da Saudade, na zona oeste do Rio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos