EUA encerram caso contra brasileiro

Cláudia Trevisan, correspondente

Washington

A promotoria do Estado americano da Luisiana decidiu não processar o advogado brasileiro Rafael Schincariol sob acusação de estupro de uma estudante universitária, encerrando o caso iniciado em fevereiro.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) o reconduziu às suas funções, das quais havia sido afastado durante as investigações. Schincariol chegou a ser detido no mês de abril.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos