Após espera de quórum, CCJ retoma sessão para apreciar denúncia contra Temer

Daiene Cardoso

Brasília

Após quase meia hora à espera de quórum, a sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara foi retomada na manhã desta quarta-feira, 18, para apreciação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.

A oposição exigiu abertura de novo painel devido a ausência de governistas no plenário da comissão. O presidente do colegiado, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), teve de encerrar a sessão que estava em andamento e aguardar que o quórum mínimo de 34 deputados fosse atingido para abrir nova sessão.

Neste momento há 16 inscritos para discursar na sessão: 14 da oposição e apenas dois governistas. O primeiro a falar por 15 minutos foi o deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), autor de um dos cinco votos em separado que recomendam a admissibilidade da denúncia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos