Deputado da tatuagem volta a se manifestar a favor de Temer

Isadora Peron

Brasília

Conhecido por fazer uma tatuagem falsa com o nome do presidente Michel Temer na primeira denúncia, o deputado Wladimir Costa (SD-PA) voltou a se manifestar a favor do peemedebista nesta quarta-feira, 25.

Após um discurso acalorado na tribuna, o deputado ergueu uma faixa no plenário em que dizia "Deixa o homem trabalhar". O slogan foi usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a campanha de 2006, após o escândalo do mensalão.

A oposição também tem usado cartazes para se manifestar. Alguns deputados seguram placas em formato de patos amarelos, dizendo que quem está "pagando o pato" durante o governo Temer é o trabalhador. O protesto é uma referência à campanha da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) durante o impeachment.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos