Oposição se reveza na tribuna em discursos favoráveis à denúncia contra Temer

Daiene Cardoso, Igor Gadelha, Julia Lindner e Isadora Peron

Brasília

Após uma manhã inteira e um começo de tarde em obstrução, líderes da oposição se revezam na tribuna da Câmara dos Deputados em discursos a favor do prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer.

Até o momento já discursaram o líder da Minoria, José Guimarães (PT-CE), os líderes Carlos Zarattini (PT-SP), Alice Portugal (PcdoB-BA), Weverton Rocha (PDT-MA), Glauber Braga (PSOL-RJ) e Júlio Delgado (PSB-MG).

A oposição promoveu quase 8 horas de obstrução, sem marcar presença em plenário. Partidos que formam o Centrão - PR, PSD, PP, PRB - além de PSDB e DEM, que integram a base governista, também demoraram para aparecer no plenário, apesar dos apelos dos líderes governistas.

Um dos "cabeças-pretas" do PSDB contou à reportagem que o grupo que votará a favor da denúncia ficou aguardando entre o gabinete da liderança do partido e o gabinete do presidente interino da sigla, senador Tasso Jereissati (CE). Ele revelou que os tucanos que fazem oposição ao governo decidiram ir ao plenário quando se deram conta que alguns deputados do Centrão estavam em "negociação" com o Palácio do Planalto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos