TJ de SP manda soltar mulher que atropelou e matou 3 na Marginal do Tietê

São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Talita Tamashiro admitiu que havia ingerido bebida alcoólica antes de atropelar e matar três pessoas na Marginal Tietê

    Talita Tamashiro admitiu que havia ingerido bebida alcoólica antes de atropelar e matar três pessoas na Marginal Tietê

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu soltar a motorista Talita Sayuri Tamashiro, de 28 anos, que foi presa no mês passado depois de atropelar quatro pessoas e ter matado três delas na Marginal Tietê na manhã do dia 30 de setembro. Talita estava embriagada e confessou usar o celular na hora do acidente.

A defesa entrou com pedido de revogação da prisão apontando que a própria Justiça havia identificado que não houve intenção de matar e, portanto, não haveria motivos para prisão preventiva.

Segundo a defesa, durante a audiência de custódia, a juíza presente "preferiu lavar as mãos e atender ao clamor social ao invés de cumprir o que determina a Lei". O fato de a motorista Talita se comprometer a comparecer a todos os atos processuais não estaria sendo considerado pela Justiça, sugere o texto apresentado pelos advogados.

Apesar da soltura, Talita está impedida de "frequentar shows, bares, restaurantes ou estabelecimentos em que haja a venda ou consumo de bebidas alcoólicas", segundo a decisão do juiz Luiz Gustavo Esteves Ferreira.

A jovem também teve a habilitação para dirigir suspensa e, caso descumpra as determinações, poderá ter a prisão decretada novamente.

Mulher atropela e mata 3 na marginal Tietê, em São Paulo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos