Doria diz que Bruno Covas assumirá 'Super Secretaria'

Marcelo Osakabe

São Paulo

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quarta-feira, 1º de novembro, que seu vice, Bruno Covas (PSDB), vai assumir uma "Super Secretaria", com responsabilidade enorme e onde poderá usar capacidade de articulação política. Doria também reiterou que a relação entre os dois é boa. "Bruno e eu temos uma relação de absoluta igualdade. Covas foi eleito comigo com o mesmo numero de votos e a mesma confiança dos eleitores", disse.

Doria anunciou nesta quarta a nomeação de Covas para a Secretaria da Casa Civil, uma nova estrutura que vai cuidar da interface política da prefeitura com a Câmara dos Vereadores, com órgãos estaduais e federais.

Sobre a saída de Covas da secretaria de Prefeituras Regionais, o prefeito disse que houve apenas uma mudança para estruturar melhor a gestão da cidade e que a atuação do vice à frente da pasta não o desagradou.

"Não há nenhum reparo na gestão do Bruno, mas com esta nova estrutura vamos melhorar ainda mais. Já disse que temos que ter os ouvidos muito ligados na população, e a população fez algumas reclamações", minimizou Doria.

A secretaria de Prefeituras Regionais é responsável pelo trabalho da zeladoria da cidade, que vem recebendo fortes críticas da opinião pública.

O prefeito também elogiou Fábio Lepique, que não compareceu ao evento. Lepique era homem de confiança de Covas e responsável pelas ações de zeladoria em São Paulo. Ele foi demitido por Doria quando Bruno Covas estava em viagem ao exterior, na semana passada, gerando nos bastidores o propagado estremecimento na relação entre os dois.

Eleições

O vice-prefeito de São Paulo negou nesta quarta-feira a intenção de disputar as prévias do partido para o governo estadual, em meio a um possível estremecimento de sua relação com o prefeito João Doria. "Nunca me coloquei como pré-candidato às prévias do governo do Estado", disse o tucano, que participou de coletiva de imprensa na Prefeitura em que foi anunciada sua nomeação para a Secretaria Civil.

Em sua fala, o vice agradeceu Doria pela confiança e disse que vai poder conciliar duas coisas que gosta de fazer, "que é política e trabalhar no Executivo".

Bruno Covas repassou ainda seus feitos à frente da secretaria de Prefeituras Regionais e mandou um recado aos que circularam que a relação entre ele e Doria está abalada. "Infelizmente quiseram plantar notícia de que nossa relação tem qualquer estremecimento. Queria dizer que, na aritmética da minha relação com o prefeito, quem apostar na divisão vai perder, porque aqui é só soma", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos