Topo

Estados 'ruralistas' concentram as piores estradas do País, aponta pesquisa

André Borges

Brasília

07/11/2017 12h24

Donos dos maiores rebanhos em áreas de plantio do País, os Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará são donos de algumas das principais estradas do País e que têm as piores avaliações.

Pesquisa de rodovias da Confederação Nacional do Transportes (CNT) apontou que, no Pará, 86,5% das rodovias estão em condições regular, ruim ou péssima. Apenas 13,1% dos trechos no Estado foram classificados em bom ou ótimo estado. O número supera com folga a média nacional de 61,8% das rodovias que estão nas mesmas condições.

No Mato Grosso, somente 25,3% das estradas são classificadas como ótimas ou boas, contra 74,7% em situação regular, ruim ou péssima. No Mato Grosso do Sul, 34,2% estão em boas ou ótimas condições, enquanto 65,8% foram classificadas como regular, ruim ou péssima.

Nos Estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul estão eixos de tráfego pesado que levam até os principais portos do País, como a BR-163, a BR-158, a BR-364 e a BR-155, entre outras.