Após café da manhã sobre Previdência, Temer grava programa partidário do PMDB

Carla Araújo

Brasília

  • Alan Santos/Presidência da República

Após participar na manhã desta quinta-feira, 9, de café da manhã na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com líderes para tratar da Reforma da Previdência, o presidente Michel Temer dedicou parte de seu tempo para gravar o programa partidário do PMDB. O compromisso não consta da agenda oficial.

Temer chegou ao Planalto pouco antes das 13 horas e recebeu o líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB), além do deputado Fábio Faria (PSD/RN) e de José Roberto Maciel, vice-presidente do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). Às 13h15, o presidente recebeu em seu gabinete os aspirantes Flávio Giro de Oliveira Filho e Naraiane Machado Feitosa da Escola Naval. Também participou do encontro o capitão-tenente Gustavo de Oliveira Dias.

Nesta tarde, Temer tem agendado encontro com os senadores Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Roberto Rocha (PSDB-MA).

Avançar

Às 15 horas, o presidente participa da cerimônia de lançamento do Programa Avançar, uma iniciativa do governo para tocar obras inacabadas com o compromisso de concluí-las até o fim de seu mandato. Como mostrou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, o pacote tem previsão de investimentos de R$ 130,97 bilhões entre 2017 e 2018, sendo R$ 42,15 bilhões pela União, R$ 29,91 bilhões por projetos apoiados pela Caixa Econômica Federal, BNDES e FGTS, e R$ 58,91 bilhões pelas estatais de energia, Grupo Eletrobras e Petrobras.

Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, comandada pelo ministro Moreira Franco, o governo não está lançando novos, mas retomando projetos que estavam paralisados por causa da crise econômica e política. A previsão é que um total de 7.439 projetos seja tocado até o fim do ano que vem.

De acordo com a pasta, a premissa do programa é que todas as obras já possuem recursos garantidos, seja nos orçamentos da União de 2017 e 2018, seja no orçamento das estatais ou dos bancos públicos. Outra condição é que as obras citadas serão entregues até o fim de 2018.

Temer pretende aproveitar o evento desta tarde para passar a mensagem de que o governo trabalha para a retomada da economia. A busca por agendas positivas continuará sendo um mote do governo nos próximos meses, para tentar transmitir o recado de que a crise política foi superada.

Podemos

Da agenda oficial de Temer, consta apenas mais um compromisso, até o momento, para o dia de hoje, às 18 horas, quando o presidente recebe o deputado Ricardo Teobaldo (PODE-PE), líder do Podemos na Câmara dos Deputados, e o deputado Aluisio Mendes (PODE-MA), vice-líder do partido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos