'Caminhemos lado a lado', pede Yanna Lavigne às mulheres

São Paulo

A atriz e modelo Yanna Lavigne, mãe de Madalena, de 5 meses, publicou uma mensagem em prol da união feminina. Yanna escreveu sobre a força, intuição e mais respeito entre as mulheres. "A gente nega nosso poder o tempo todo, diminuindo o poder das próximas", considerou.

O texto, associado a um desenho de uma mulher com uma criança, começa com uma declaração de força e uma reflexão: "Já passei por muita coisa nessa vida, tipo barra pesada. (...) Nós mulheres somos assim, temos o mundo nas mãos, mas desconhecemos esse poder".

Yanna exemplifica as situações sobre as quais quer alertar as mulheres para mais cumplicidade e apoio: a traição à outra mulher, ao ficar com o namorado que não é seu, ao julgar a gravidez da outra, ao criticar o perdão.

"Ou pior, fraquejamos sem se quer acreditar nele, gongamos outras, julgamos algumas, incrédulas manipulamos sentimentos, forçamos sensações, negamos nossa intuição nata, anulamos umas às outras...", escreveu.

"Nego quando sei que você é meu espelho, mas me finjo de cega pra pegar seu namorado sem culpa... Nego quando acredito nas pessoas, mas quando vejo você gestando logo solto: 'Acha que barriga segura homem', acrescentou.

A atriz continua, considerando que quando uma mulher se acha melhor que a outra, ela está negando seu próprio poder. "Se acha poderosa deixando a outra para trás", exemplifica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos