MPF vai pedir que TRF2 volte a se reunir sobre afastamento de deputados

Constança Rezende

Rio

A força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) vai pedir que a Seção Criminal do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) volte a se reunir para rever a decisão do Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que derrubou a prisão do presidente da Casa, Jorge Picciani, e dos deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB. Os procuradores vão pedir que os desembargadores revejam o pedido do afastamento dos parlamentares.

O pedido será entregue ao desembargador relator do processo, Abel Gomes, que deverá convocar uma reunião de urgência na semana que vem para discutir o caso. O mesmo tribunal votou, nesta quinta-feira, 16, pela prisão dos três parlamentares e submeteu à Alerj a decisão do afastamento e da prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos