PUBLICIDADE
Topo

Temer tem quadro estável e previsão de alta para segunda-feira

Sérgio Lima/AFP
Imagem: Sérgio Lima/AFP

Eduardo Laguna

São Paulo

26/11/2017 11h47

O presidente Michel Temer (PMDB) passou a noite bem após ser submetido, na noite da última sexta-feira, dia 24 de novembro, a uma angioplastia de três artérias coronárias.

A informação foi divulgada na manhã deste domingo, 26, em boletim médico do hospital Sírio-Libanês, onde foi realizado o procedimento. O quadro de saúde de Temer é estável.

Após receber o implante de stent, Temer segue sendo acompanhado pela equipe do cardiologista Roberto Kalil. A previsão é que tenha alta na manhã desta segunda-feira.

O procedimento, segundo o médico Roberto Kalil Filho, foi feito após uma avaliação foi constatada uma pequena evolução da obstrução de uma das artérias.

Na avaliação, de acordo com o médico, verificou-se que as obstruções foram superiores a 90% em uma das artérias principais e em duas secundárias. Caso houvesse mais de uma das artérias principais entupidas, o presidente precisaria passar por uma cirurgia cardíaca.

Temer, de 77 anos, foi submetido no mês passado a raspagem para diminuir o tamanho da próstata, após ter sofrido um episódio de obstrução do canal uretral.

Pouco antes, também em outubro, o presidente passou por uma bateria de exames em que se constatou uma obstrução parcial da artéria coronária. Contudo, na ocasião, ele não foi submetido ao procedimento de cateterismo e vinha fazendo tratamento com medicação.