Temporais causam quedas de árvores e alagamentos no interior de São Paulo

José Maria Tomazela

Sorocaba

Chuvas fortes acompanhadas de vento derrubaram árvores e alagaram ruas e avenidas, entre o fim da tarde e a noite desta quinta-feira, 30, em cidades do interior de São Paulo. Em São José do Rio Preto, caíram 40 milímetros de chuva em menos de uma hora, transformando em rios as ruas centrais.

As obras contra enchentes realizadas pelo município, ao custo de mais de R$ 160 milhões, não foram suficientes para conter o grande volume de água. Até carros foram arrastados pelas enxurradas que atingiram as avenidas Alberto Andaló, Murchid Homsi e Bady Bassit, as principais da cidade.

O volume de água fez transbordar os vertedouros da Represa Municipal e a Praça Cívica ficou alagada. Terminais de ônibus também ficaram tomados pela água.

A Defesa Civil registrou a queda de 35 árvores, principalmente na zona leste da cidade, causando danos em veículos, portões de residências e garagens. Não houve vítimas.

Em Agudos, região noroeste do Estado, no final da noite, uma chuva intensa causou a queda de uma passarela de pedestres sobre um córrego e alagou ruas nos bairros Vila Vienense, Parque Pampulha, Cohab 4 e Santa Cândida. Casas foram invadidas pelas águas e houve quedas de árvores, mas não havia registro de vítimas. Os alagamentos dificultaram o trânsito na rodovia Marechal Rondon.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos