Topo

Côrtes não pode ser testemunha por ter sido denunciado por Garotinho, diz defesa

Roberta Pennafort

Rio

04/12/2017 18h24

A defesa do ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PR) afirmou nesta segunda-feira, 4, em nota, que o ex-secretário da Saúde do Estado Sérgio Côrtes "não pode ser admitido como testemunha em razão de ter sido denunciado" por ele em blog pessoal.

Nesta segunda-feira, a polícia do Rio ouviu Côrtes, na cadeia pública de Benfica, sobre as agressões que Garotinho denunciou ter sofrido no presídio. Ele é ortopedista e atendeu Garotinho em sua cela. O delegado Carlos César Santos, da 21ª Delegacia Policial (Bonsucesso), disse que Côrtes declarou não ter detectado as alegadas lesões no pé direito do ex-governador, somente no joelho direto, e que estas não eram compatíveis com um porrete ou taco de beisebol, instrumento que Garotinho diz ter sido usado por seu agressor.