Temer vai ao Planalto e deve receber Jefferson para definir ministro do Trabalho

Carla Araújo

Em Brasília

  • Valter Campanato/Agência Brasil

    Roberto Jefferson, presidente do PTB

    Roberto Jefferson, presidente do PTB

O presidente Michel Temer chegou por volta das 10h30 desta quarta-feira (3) ao Palácio do Planalto depois de despachar nos últimos seis dias do Palácio do Jaburu, sua residência oficial. Por recomendação médica, ele precisou ficar em repouso e procurou cumprir uma agenda mais tranquila para poder se recuperar de uma cirurgia na uretra e de uma infecção urinária.

Por ora, a agenda do dia prevê apenas despachos internos, mas Temer deverá receber o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, ainda nesta quarta. Eles devem discutir sobre uma nova indicação para a vaga de ministro do Trabalho, deixada por Ronaldo Nogueira semana passada.

O nome cotado era o do deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA), mas, segundo Jefferson, Temer desistiu de nomeá-lo após o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) não referendar o nome de Fernandes, aliado do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Dino disputará a reeleição tendo como potencial adversária a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), filha do ex-presidente. Com isso, Temer pediu a Jefferson uma nova indicação do PTB, que manterá o controle da pasta, mas os dirigentes da sigla ainda não decidiram oficialmente a nova sugestão. O encontro de Temer e Jefferson deve ocorrer à tarde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos