Topo

Governo recorrerá ao STF para manter posse de Cristiane Brasil

Carla Araújo e Tânia Monteiro

Brasília

09/01/2018 15h56

O presidente Michel Temer está reunido na tarde desta terça-feira, 9, com o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, no Palácio do Planalto. Segundo auxiliares do presidente, a decisão, até o momento, é recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar manter a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho.

Nesta tarde, em uma derrota para o Palácio do Planalto, o vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), desembargador federal Guilherme Couto de Castro, negou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve nesta terça-feira a decisão do juiz federal Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói (RJ), que havia suspendido a nomeação e a cerimônia de posse da deputada como nova ministra do Trabalho.

Assim que a decisão saiu, interlocutores do Planalto confirmaram que o governo iria via AGU recorrer ao Supremo. O ex-deputado Roberto Jefferson, condenado no mensalão, foi quem articulou pessoalmente a nomeação de sua filha Cristiane pelo presidente da República.

Antes da conversa entre os dois, auxiliares do presidente negaram que Temer tenha pedido outro nome ao partido diante do desgaste com os problemas na Justiça do Trabalho da deputada fluminense. Apesar disso, reconhecem que na conversa com o presidente do PTB o entendimento pode ser outro.

Alguns convidados da deputada e de Jefferson estão no Planalto e aguardavam para participar da cerimônia que estava agendada para 15h. O Salão nobre estava inclusive já arrumado para o evento.