Lula diz ao Tribunal de Lava Jato que vai à Etiópia após julgamento

Ricardo Brandt, enviado especial, Julia Affonso e Luiz Vassallo

Porto Alegre

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou nesta terça-feira, 16, ao Tribunal Regional Federal da 4ª. Região (TRF-4) que irá participar de um encontro de líderes na Etiópia no próximo dia 27, a convite da União Africana, entidade que reúne 54 Estados.

O ex-presidente embarcará no dia 26. O retorno está marcado para 29 de janeiro.

"O comunicado foi feito ao Tribunal em atenção à lealdade processual", assinalou o advogado Cristiano Zanin Martins, defensor do ex-presidente.

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 9 anos e seis meses de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do famoso triplex do Guarujá.

Contra a sua condenação, o petista recorreu ao TRF-4. No dia 24, a Corte federal vai julgar os recursos do ex-presidente e de outros seis réus neste processo. Lula não vai ao julgamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos