Em greve, Metrô opera parcialmente em SP

Dezenas de estações do Metrô amanheceram fechadas na manhã desta quinta-feira, por conta de uma greve confirmada em assembleia, realizada pelo Sindicato dos Metroviários de São Paulo. Ao longo do dia, algumas estações foram reabertas.

Por volta das 18h16, Com o funcionamento parcial das linhas do Metrô, os paulistanos também enfrentam problemas no trânsito para voltar para casa. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), 10,6% das vias monitoradas apresentam lentidão, com tendência de alta.

O índice, no entanto, está dentro da média para o horário. Durante a manhã e o início da tarde, o congestionamento esteve acima da média.

a CPTM funcionava normalmente, apesar da greve dos metroviários, no entanto, o fluxo de passageiros era grande, principalmente na Estação da Luz, Por volta das 16h40.

A greve

O protesto, segundo os sindicalistas, é contra a privatização das linhas 5-Lilás e 17-Ouro, cujo leilão estava marcado para ocorrer na sexta-feira, 19, mas foi suspenso pela Justiça. A greve deve durar 24 horas, de acordo com o anúncio feito pelos metroviários.

Por causa da confirmação de greve dos metroviários, a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT) suspendeu o rodízio municipal de veículos e a cobrança de Zona Azul na capital. Carros com placas final 7 e 8 poderão circular pelo Centro expandido normalmente durante todo o dia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos