Associação condena morte de jornalistas

São Paulo

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) condenou, em nota divulgada nesta sexta-feira, dia 19, o assassinato de dois jornalistas em pouco mais de 24 horas - um em Rondônia e outro em Goiás -, cujas mortes estariam ligadas ao exercício da profissão. "Esclarecer esses crimes é posicionar-se em favor da liberdade de expressão e da democracia", diz trecho da nota da entidade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos