Começa sessão que vai julgar ação de Moro que condenou ex-presidente Lula

Renan Truffi e Julia Lindner

Brasília

O Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) iniciou às 8h30 desta quarta-feira, 24, a sessão que irá julgar recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra sua condenação, pelo juiz Sérgio Moro, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no processo envolvendo o tríplex do Guarujá.

O caso está sendo analisado pela 8.ª turma do tribunal, formada por três desembargadores. O relator e desembargador federal João Pedro Gebran Neto fará a leitura do relatório. O Ministério Público Federal (MPF) deve se pronunciar, na sequência, por 30 minutos. Depois, os advogados de defesa das partes terão 15 minutos cada para apresentar os seus argumentos.

As repercussões criminal e política da decisão geram grande expectativa e mobilizaram grupos pró e contra o petista, que prometem atos na capital gaúcha e em diversas cidades do País. Se a sentença de Moro for confirmada na segunda instância da Justiça, Lula - que lidera as pesquisas de intenção de voto - poderá ficar inelegível e ter a prisão decretada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos