'Não se pode escolher adversário', diz Alckmin, sobre julgamento de Lula

Dayanne Sousa

São Paulo

  • Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo

"Não se pode escolher adversário", disse o governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, em uma postagem no Twitter.

O governador comentou na rede social o julgamento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva pela 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Saiba mais:

Acompanhe ao vivo o julgamento de Lula

"Lula se corrompeu", diz procurador em julgamento

Defesa de Lula diz que Moro criou acusação

Provável adversário de Lula nas eleições presidenciais, caso o petista consiga participar do pleito, Alckmin escreveu que a decisão sobre o ex-presidente "cabe à Justiça".

"Ninguém está acima da lei", acrescentou o governador de São Paulo, acusando então o partido de Lula, o PT, de "irresponsabilidade" durante o período em que comandou o País.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos