Violência no Rio

Comandante do Exército diz que problemas do Rio vão além de segurança

Daniel Weterman

Em São Paulo

  • Divulgação

    O general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas

    O general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas

O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, disse que o órgão dará todo o apoio ao general Walter Souza Braga Netto, nomeado pelo presidente Michel Temer (MDB) como responsável pela intervenção federal no Rio de Janeiro, decretada nesta sexta-feira (16).

Em mensagem no Twitter, porém, Villas Bôas afirmou que os problemas enfrentados pelo Estado vão além da segurança pública e exigem ações mais efetivas.

"Os desafios enfrentados pelo Estado do RJ ultrapassam o escopo de segurança pública, alcançando aspectos financeiros, psicossociais, de gestão e comportamentais", escreveu o comandante. "Verifica-se pois a necessidade de uma honesta e efetiva ação integrada dos poderes federais, estaduais e municipais."

Como determina o decreto, o comandante do Exército observou que Braga Netto ficará subordinado diretamente a Temer. Villas Bôas afirmou, ainda, que as Forças Armadas continuarão executando as atividades previstas em decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), já em vigor no Rio de Janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos