Topo

PSDB caminha para ter candidato próprio ao governo estadual, diz Alckmin

CHARLES SHOLL/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: CHARLES SHOLL/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO

Eduardo Laguna

São Paulo

2018-02-16T13:35:00

2018-02-16T17:36:07

16/02/2018 13h35Atualizada em 16/02/2018 17h36

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) , que também é presidente nacional do partido, disse nesta sexta-feira, 16, que a sigla caminha para ter candidato próprio na disputa pelo governo paulista.

Segundo ele, assim como já havia ocorrido na escolha do prefeito João Doria nas eleições municipais, a definição do candidato tucano ao governo de São Paulo se dará por prévias, na qual todos os filiados do partido são consultados.

"A escolha do João Doria para candidato a prefeito foi através da prévia. De governador, deve ser a mesma coisa", afirmou Alckmin, durante evento de início das obras de uma estação do monotrilho na zona sul da capital paulista. Questionado sobre a data da prévia, ele respondeu que essa é uma decisão que cabe ao diretório estadual da sigla.

Alckmin disse também que o vice-governador do Estado, Márcio França (PSB), nunca afirmou que pretendia se filiar ao PSDB. "Muito legítimo se ele quiser ser candidato a governador, ainda mais assumindo o governo do Estado", declarou.