Torquato diz que rebelião em presídio do Rio foi motivada por tentativa de fuga

Carla Araújo

Brasília, 18

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, afirmou na noite deste domingo, 18, que a rebelião na Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense, foi uma tentativa de fuga. "Os dois presos que tentaram fugir já estão presos, os dois agentes penitenciários que foram feitos reféns já foram liberados, o Bope já ocupou. Agora é a parte final, negociando os termos da rendição", afirmou.

Torquato não descartou que novas rebeliões possam acontecer no Rio, como resultado da intervenção no Estado, mas disse que os agentes de segurança estão preparadas. "Haverá tentativas, certamente haverá tentativas, mas nós, acredito eu, estamos preparados", afirmou.

O ministro disse ainda que "era previsto" que alguns presídios pudessem ter reações ao decreto de intervenção na segurança do Rio. "Já era previsto, tanto é que os presídios federais estão com alerta máximo", afirmou. O alerta deverá se estender para as cadeias estaduais.

Segundo Torquato, "é natural que haja um desafio no primeiro momento", sobre a intervenção. "É natural que o crime organizado teste a capacidade de operação das forças federais", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos