Carnaval leva 12 milhões de foliões às ruas de SP; 648 'mijões' são multados

Felipe Cordeiro

O carnaval de rua de São Paulo atraiu 12,3 milhões de foliões nos 459 desfiles de blocos por toda a cidade, segundo balanço divulgado pela Prefeitura nesta segunda-feira, 19. O número inclui o fim de semana de pré-carnaval (3 e 4 de fevereiro), os quatro dias de folia (10, 11, 12 e 13) e o pós-carnaval (17 e 18). Ainda de acordo com a gestão municipal, a "lei do xixi", que prevê multa de R$ 500 para quem urinar em vias públicas, emitiu mais de 600 notificações no período.

A Prefeitura explicou, em nota, que a estimativa de público foi feita por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), responsáveis pela organização dos blocos e produtores da comissão de carnaval.

Entre os blocos que atraíram maior público a Prefeitura destacou Navio Pirata (da banda Baiana System), Casa Comigo, Domingo Ela Não Vai, Beleza Rara (da Banda Eva), Bicho Maluco Beleza (do cantor Alceu Valença), Mamãe Eu Quero, Toca Um Samba Aí (do grupo Inimigos da HP), Acadêmicos do Baixo Augusta, Fuzuê, Confraria do Pasmado, Gambiarra e Largadinho (da cantora Claudia Leitte).

Os números divulgados nesta segunda confirmam a consolidação da festa de rua em São Paulo. O movimento começou de forma tímida há nove anos e passou a ganhar corpo em 2015, quando 270 blocos levaram às ruas 1,5 milhão de foliões.

A gestão municipal destacou a inclusão da Avenida 23 de Maio na relação de vias que receberam os desfiles de blocos, uma das apostas do prefeito João Doria (PSDB). De acordo com o balanço divulgado pela Prefeitura, a avenida, que liga o centro da capital à zona sul, recebeu 4 milhões de foliões nos quatro dias em que foi usada na festa.

A Prefeitura informou ainda que os profissionais de saúde atenderam 2.857 ocorrências durante o carnaval, das quais 2.765 foram por meio de serviço médico contratado e 92 pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Xixi e trabalho infantil

Os guardas da GCM emitiram 648 notificações de multa com base na Lei 57.983/17, a "lei do xixi", durante o carnaval. A administração municipal não deu detalhes sobre os locais de autuação.

Já a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) identificou 446 situação de trabalho infantil no período da folia e recebeu sete denúncias. "Foram 36 equipes atuando diariamente, com cerca de 700 orientadores socioeducativos na campanha 'Não deixe o Trabalho Infantil embarcar nesse trio'", disse a Prefeitura, em nota.

A gestão municipal disponibiliza a Central 156 para denúncias sobre trabalho infantil, violência, abuso e exploração sexual.

Público do carnaval

- Sábado e domingo de pré-carnaval, 3 e 4 - 3,95 milhões

- Sábado de carnaval, 10 - 1,65 milhão

- Domingo de carnaval, 11 - 1,45 milhão

- Segunda-feira de carnaval, 12 - 1,15 milhão

- Terça-feira de carnaval, 13 - 850 mil

- Sábado de pós-carnaval, 17 - 2,15 milhões

- Domingo de pós-carnaval, 18 - 1,15 milhão

Total: 12,350 milhões

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos