Ex-ministro do STF está entre os representantes da sociedade em conselho

Julia Lindner e Carla Araújo

Brasília

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Mário Velloso está entre os três representantes da sociedade civil indicados pelo Palácio do Planalto para compor o Conselho da República, que está reunido nesta segunda-feira, 19, para analisar decreto que formaliza a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

A nomeação foi oficializada em publicação extra do Diário Oficial da União (DOU) desta segunda. Velloso é próximo do presidente Michel Temer. No ano passado, chegou a ser sondado pelo emedebista para ser ministro da Justiça no lugar de Alexandre de Moraes, mas recusou o convite.

A Presidência da República tem direito a indicar dois dos seis representantes da sociedade civil no Conselho. Além de Velloso, Temer também escolheu o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo Bastos, como membro titular. Ele está no cargo de diretor-geral desde abril de 2015 com mandato até 2018.

Já o advogado Francisco Caputo, que é ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Distrito Federal, assumiu vaga de suplente no Conselho e também participa da reunião do Palácio da Alvorada desta segunda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos