PUBLICIDADE
Topo

Padilha é o terceiro ministro de Temer a ter telefone clonado

Carla Araújo

Brasília

23/03/2018 20h14

Depois dos ministros Carlos Marun (secretaria de Governo) e Osmar Terra (Desenvolvimento social), mais um ministro do governo Michel Temer teve o telefone clonado. Desta vez foi Eliseu Padilha, da Casa Civil.

Nesta sexta-feira, 23, ele enviou mensagens para seus contatos pedindo para desconsiderarem mensagens recebidas.

"Atenção: este meu celular foi clonado e soube que estão fazendo pedidos indevidos em meu nome. Não atendas nem mandes mensagens para este número. Vou tratar de responsabilizar criminalmente o clonador", escreveu Padilha.

No último dia 21, Osmar Terra enviou mensagens informando que o seu telefone celular havia sido clonado e que vai processar a operadora de telefonia pela falha. Antes, Carlos Marun, também tomou a mesma providência pedindo para desconsiderar mensagens enviadas pelo clonador pedindo dinheiro.