Às 17h31, TRF-4 comunicou a Moro determinação para prisão de Lula

Luiz Vassallo, Ricardo Brandt e Fausto Macedo

São Paulo e Curitiba

Às 17h31 desta quinta-feira, 5, os magistrados Nivaldo Brunoni - substituto do desembargador Gebran Neto na relatoria da Lava Jato no TRF-4 - e Leandro Paulsen, presidente da 8ª Turma da Corte comunicaram o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, a determinação para a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Desse modo e considerando o exaurimento dessa instância recursal - forte no descabimento de embargos infringentes de acórdão unânime -, deve ser dado cumprimento à determinação de execução da pena", escreveram os magistrados.

Pouco depois de receber o ofício do Tribunal Regional Federal da 4ª Região - Corte de apelação da Lava Jato -, Moro expediu ordem de prisão contra Lula, mas deu ao petista a oportunidade de se entregar 'voluntariamente' à sede da Polícia Federal em Curitiba até às 17h desta sexta-feira, 6.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos