Clima é tranquilo em frente à casa de Lula em São Bernardo do Campo

Eduardo Laguna

São Bernardo do Campo

A ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, expedida nesta quinta-feira, 5, pelo juiz Sergio Moro, pouco alterou a rotina no bairro onde o petista mora em São Bernardo do Campo, cidade do ABC paulista e berço político do petista.

Por volta das 8h30 desta sexta-feira, 6, apenas profissionais da imprensa estavam posicionados em frente ao prédio onde Lula mora, à espera da eventual passagem dele pela residência antes da viagem a Curitiba. Lula ainda não disse se irá se entregar.

De acordo com determinação do juiz Sérgio Moro, o ex-presidente deve se entregar até as 17h à Polícia Federal na capital paranaense. Por enquanto, Lula, assim como seus apoiadores, segue na sede do sindicato dos metalúrgicos do ABC, que está a cerca de um quilômetro de onde mora.

Cinco viaturas da Polícia Militar e outra da Guarda Municipal fazem ronda pelas redondezas, sem estacionar, no entanto, os veículos no endereço residencial do ex-presidente.

Apenas algumas poucas manifestações foram registradas nesta manhã. Alguns carros passam buzinando pelo local e dois motoristas gritaram "cadeia" ao passar pelo local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos