Contra prisão de Lula, MST fecha trecho da Fernão Dias em SP

São Paulo

Cerca de 400 militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fecharam trecho da BR 381 (Fernão Dias), que dá acesso de São Paulo à capital de Mineira, às 10h desta sexta-feira, 6.

O movimento afirma que a prisão é arbitrária e faz parte do projeto de retirada de direitos dos trabalhadores. "A prisão de Lula é a coroação do golpe pelo judiciário. Quem não se levantar agora será conivente com toda arbitrariedade, com o fim dos nossos direitos e com essa corja que está destroçando nossas intuições democráticas", afirmou Ester Hoffmann, da Direção Nacional do MST.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos