Sindicalistas e religiosos se revezam em discursos no sindicato do ABC

Eduardo Laguna e Francisco Carlos de Assis

São Paulo

Depois dos discursos de sindicalistas e líderes de movimentos sociais, representantes religiosos estão participando neste momento do ato de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva num momento em que a concentração de militantes diante da sede do sindicato dos metalúrgicos do ABC, onde o petista está presente, chega ao auge.

Padres e pastores, assim como líderes das religiões muçulmana e judaica, subiram ao caminhão de som para comandar um ato ecumênico e manifestar repúdio à prisão de Lula.

A menos de uma hora do limite de horário para Lula se entregar à Polícia Federal, os manifestantes prometem formar um cordão humano para impedir a prisão do ex-presidente. A expectativa é que Lula faça uma discurso, mas a participação dele ainda não foi confirmada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos