Expectativa para prisão de Lula aumenta na PF em Curitiba

Daniel Weterman, enviado especial

Cuiabá

A expectativa em relação à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumenta neste sábado (7), na sede da Polícia Federal em Curitiba. O delegado Igor Romário de Paula, da força-tarefa da Lava Jato na PF, um dos policiais que negocia a entrega de Lula com os advogados do petista, conversa em frente ao prédio da Superintendência do órgão com o chefe de Custódia da PF, Jorge Chastallo Filho.

Chastallo é responsável por organizar a permanência de Lula na cela preparada para o ex-presidente, e com um integrante do Grupo de Pronta Intervenção (GPI), equipe de elite da PF destacada para operações especiais.

Do lado de fora do portão, apoiadores do petista continuam gritando palavras de ordem. Eles consideram que Lula pode ser conduzido para Curitiba a qualquer momento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos