Justiça do Paraná proíbe manifestantes de ficarem no entorno da PF -

Daniel Weterman

Curitiba

A Justiça do Paraná determinou que os manifestantes não permaneçam no entorno da sede da Polícia Federal em Curitiba.

O pedido foi feito pela Prefeitura da capital paranaense. O juiz Ernani Mendes Silva Filho justificou a decisão para "evitar confrontos que podem levar a dezenas de feridos e depredação do patrimônio público e privado".

O requerimento judicial ocorre em razão da transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a sede da PF, no bairro Santa Cândida.

Neste momento, integrantes da direção nacional do PT estão reunidos com membros da Polícia Federal para discutir a decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos